You are currently browsing the monthly archive for setembro 2008.

Infelizmente a dona Morte resolveu levar mais um dos meus crushs. Paul Newman morreu aos 83 anos. Com muito pesar que faço este post, porque gosto dele desde os meus 6 anos – quando comprava a pipoca Newman’s Own (hah).  Mr. Newman com certeza foi muito mais que um belíssimo rosto, isso é fato. E, não duvido muito, que a Joanne Woodward bata as botas daqui um tempo.

1- Interpol
esse foi hour-concours mesmo. eu tinha o ingresso e não pude ir. ai, nem quero falar mais sobre isso.

2- Muse
foi triste também. ano passado eu disse que poderia morrer se visse Interpol e Muse, daí os dois resolveram dar uma passadinha no BR este ano. eu vou viver bastante, pelo visto.

3- Echo and the Bunnymen
ok, esse show foi num lugar que fica poucas quadras do meu prédio. não pude ir também. ha-ha-ha mas dizem que foi uma merda.

4- Gogol Bordello
igual a Dani disse, vão fazer TIm Festival em Recife Vitória e aqui não.. por que, hein? ano passado teve aqui. foi porque eu mudei para cá?

5- Madonna
sem comentários. esse deve ser TOP 1 de várias pessoas, né?

Plus: NIN – que resolveu cancelar antes de vir

null

Uma das músicas que mais gosto do Frank Sinatra é “My Way Of Life”. Minha mãe tem um vinil com greatest hits do zóio azul, e essa é a primeira. Eu acho linda, mas de boa? eu teria medo se alguém dedicasse a letra para mim. Parece estranho já que eu gosto da música etc e tal. Mas a letra, se você analisar friamente, não favorece muito. É bem coisa de gente possessiva, chiclete e joselita.

Presta atenção:

My Way Of Life
(B. Kaempfert, H. Pehbein, C. Sigman)
> ainda bem que não foi o Frank
[Recorded July 24, 1968, New York]

Gotta have you near all the time, with your dreams wrapped up in mine.
Gotta be a part of your soul and your heart all the time.
> começa aqui. o cara é um grude.
Nothing in the world that I do means a thing without you.
I’m just half alive in my struggle to survive without you.

> muito dramático pro meu gosto.. não tenho paciência, sabe?
You are my way of life, the only way I know, you are my way of life.
> para não falar que sou sem coração, eu gosto dessa parte…
I’ll never let you go, never let you out of my sight, be it day, be it night,
You belong to me, that’s the way it will, be wrong or right,

> tips, oi? vai ficar na minha cola para sempre? tá wrong isso.
I don’t need crowds at my door, the applause from the floor,
All I need is you and the love we once knew, nothing more.

> se liga, Frank! por isso que seu namoro com a Ava Gardner não deu certo. falei.

agora escuta:

vai falar que a interpretação de Frankinho num é linda? mas que a letra dá medo, dá.

null

não tá fácil, não seu Zé. nem o dramin tá fazendo efeito mais…

Ok, quase aconteceu uma das coisas que eu mais tenho medo: ser assaltada. “Graças” ao meu reflexo Scarface eu não fui, mas sério que fiquei mais assustada com minha reação do que com o quase assalto.

Hoje resolvi fazer minha hora de descanso no trabalho das 20h às 21h, que é horário que posso ir para casa e assistir House. Quando estava na esquina do meu apartamento me aparece um maloqueiro, diz que é um assalto e para eu passar o dinheiro. Porém, eu não tinha dinheiro na bolsa. só dois celulares, um caderno e meu blot. O que eu fiz? empurrei o cara e o chamei de filho da puta. simples assim. a sorte, mas sorte mesmo, é que o cara era um maloqueiro chapado (oops, pleonasmo. sorry) e quando eu o empurrei tirou o dele de reta e saiu andando em direção da rua. eu sai meio que correndinho e continuei o xingando (uma coisa do tipo “vai assaltar sua mãe”). cheguei com o coração na boca no meu apartamento e desabafei para a porteira. ela riu, é claro, mas assim que eu entrei no elevador comecei a chorar. e agora, depois de uma hora do acontecido, ainda me pergunto: como assim eu empurro uma pessoa que tenta me assaltar? como eu xingo o maloqueiro de filho da puta? e se ele tem uma arma? uma faca? e se ele fosse um assaltante “sério”? eu só sei que agora não ando mais de bolsa e vou pedir para alguém me acompanhar. o big boss (porque eu liguei para ele assim que cheguei em casa) disse para eu ir por uma outra avenida e deixar minhas coisas no trabalho. eu só espero que ninguém tente me assaltar de novo ou que eu não queira bancar o Tony Montana de calcinha. ps:- perdi House porque esqueci de ligar a TV (também, né?).

Quase todo mundo que eu conheço odeia o mês de agosto. eu só me dou mal no final de agosto, de resto é muito sussa. agora setembro é outra história.. é meu inferno astral OFICIAL. tem gente que não acredita nessas coisas de inferno astral, mas no meu caso infelizmente fica difícil NÃO acreditar. é uma fudelança (tela class mode on) atrás da outra.

Vejamos, primeiro eu tive uma intoxicação alimentar e agora o teto do meu banheiro está prestes a desabar. Tudo começou com buraquinho de nada e uma infiltração. Depois os buracos aumentaram e junto veio uma goteira escrota bem em cima do meu chuveiro. agora está um rombo extra G, várias goteiras (inclusive uma em cima da privada) e o teto todo suado. isso que eu avisei desde o início, mas é aquele embromation básico e olha que até pro síndico eu liguei. para ter noção do prejuízo: teto suado e rombo extra G. tenho medo de entrar nesse banheiro e o teto desabar na minha cabeça. nem xixi sossegada posso fazer mais. sério.

É incrível a capacidade da Lei de Murphy, da macumba ou sei lá o que. Este ano está soda com ph no quesito saúde. Eu sempre fui uma pessoa muito sossegada com doenças corriqueiras, tinha ano que escapava ilesa de gripe e tudo. Mas, só porque fui morar completamente sozinha, resolvi passar mal três vezes este ano. THREE FUCKING TIMES eu tive que me virar nos 30, sofrer sem ter ninguém para me acudir. Esta noite sofri com minha primeira intoxicação alimentar. Justo eu, que posso/dia comer cocô de cobra sem passar mal. E aqui nessa cidade é um problema pedir remédio por telefone, nunca tem ninguém pra entregar ou é muito longe. A “sorte” é que tem um médico no meu prédio, daí não preciso andar muito pelo menos para consulta. Vade retro!

C’est Letícia

a

Blog Stats

  • 68,532 hits
setembro 2008
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930