You are currently browsing the monthly archive for novembro 2008.

Lá vou eu expor minha mãe mais uma vez, mas é cada coisa que ela faz… precisa ser compartilhado (NOT).

Então que minhas aulas da pós terminam dia 20, já fizeram até abaixo assinado para mudar e bláblá. E dia 26 minha família vem pra cá. o que eu pensei: vou passar o natal aqui mesmo. eu não ligo de passar essas datas sozinha, já passei o ano novo sozinha em 2003-04 porque minha vó estava no hospital, minha mãe estava com ela (só poderia ficar uma pessoa) e eu me recusei de comemorar na casa da minha tia (haha). tá, fui falar isso pra minha mãe e ela fez um escândalo no telefone, voz de choro e apelou pro sentimentalismo barato: “seu primeiro natal no meu colo, vestida de branco. 23 anos que passamos juntas. e quando você assistia ET e chorava no meu colo?”. (adendo: oi, lembrei na hora que não passa ET na programação natalina há 15 anos, né? mas Esqueceram de mim reina. thanks god, porque adoro). enfim, precisa fazer esse drama todo? vou fazer um favor de não ir, economizo na passagem e presentes. porque né, não sei o que é ganhar presente bom de natal já faz tempo. e olha que qualquer merdinha de 1,99 me faz feliz.

Eu deveria fazer um blog só para contar as presepadas da minha mãe. Mas não, dessa vez não vou falar mal, tirar sarro (mentira, eu vou) etc. No feriado do dia 15 de novembro, pelo segundo ano consecutivo, fui pra praia com minha mãe e meus tios. ano passado foi muita uruca: choveu horrores, estraguei minha mala, minha mãe fez confusão com a passagem de avião etc etc. esse ano foi chato também (não de uruca e sim de boriiing), mas tive uns momentinhos fofos com minha velha:

– a ensinei jogar dominó. não, me diz agora qual ser humano não sabe jogar a porra de um dominó? minha mãe não sabia. do nível de colocar todas peças viradas para cima (o outro vendo tudo), d’eu perguntar se ela tem a peça 6/6 e ela querer começar com uma 6/4, de comprar e devolver (bem espertinha). apesar disso, a danadinha ganhou duas partidas seguidas… pura sorte de iniciante, mas no desempate eu ganhei porque we’re the champions, no time for losers. eu sou bi-campeã no dominó da praia e saí fora. me empolgo.

– o segundo e último momento mais fofo do mundo: ela gosta de fazer caminhada e fui acompanhá-la num sábado no fim do dia com aquele ventinho gostoso. resolvi levar meu ipod porque começou a falar demais eu ignoro com meu fone de ouvido, né? mas não, conversamos amenidades, coisas importantes etc e depois dividimos o fone do negócio. e ela escutou Beirut (nantes) e Queens of the Stone Age (river in the road) até o fim. Beirut ela amou, pediu para escutar “a música do tango” (Gotan Project – arrabal) e ÓBVIO que rolou um Hooked on Classics (hooked on baroque). mano, eu fico tão feliz com essas coisas, sabe? mãe, te amo. beijos.

charlie-brown-lucy2

Charlie Brown: “Well Lucy, life does have it’s ups and downs, youknow.”
Lucy: “But why? Why should it? Why can’t my life be all UPS?
If I want all UPS, why can’t I have them?…..Why can’t I just
move from one UP to another UP? Why can’t I just go
from and UP to an UPPER-UP?……I don’t want any Downs!
I Just want Ups and Ups and Ups and Ups!”

Quando me sinto (tô) gorda, olho essa foto:

marilynmf

bons tempos em que uma mulher assim era considerada bonita, e não gorda e horrorosa. afff.

Eu sei que tem muita gente que não gosta de Sex and the City porque acha fútil, fora da realidade (como se eu tivesse manolos e louboutin em casa) etc etc. Eu amo o seriado, gostei do filme e volte meia lembro de algum momento Carrie que me acontece. Exemplos?

– Logo na abertura já me identifico. aquela coisa de andar na rua toda segura de si, erguendo a sobrancelha e tudo, de repente leva um jato d’água na roupa e fica com cara de bunda. TOTALMENTE. assim, essa é a Carrie, né?;

– Conhecer alguém, gostar e esquecer o rosto de tão fofo que é. TOTALMENTE só cuidado para ele não se transformar num filho da puta e terminar com você por post-it;

– Estar tudo bem com alguém e o Mr. Big aparecer para encher o saco. TOTALMENTE. mas eu não sou tão retardada quanto ela de ficar pensando no dito cujo;

– Outro momento parecido com a abertura: estar toda bonita desfilando e cair no meio da passarela. no lugar de sair correndo, levantar e continuar.. lógico que não rola um desfile, mas dá para entender a lição, né? é meio clichão mesmo;

– Problemas em parar de fumar. sem mais;

e foi que me lembrei no momento.

mais um blog mulherzinha, mas dessa vez sobre esmaltes: http://maofeita.wordpress.com

🙂

Eu sabia que não dava pra confiar em mãe + modernidades. Eu combinei de entrar no gtalk hoje às 20h20. Ela atrasou, mas entrou e foi bem na hora que deixei uma mensagem no twitter dizendo que ela havia me dado “os cano”:

maegtalk

me ignorou assim, solenemente e depois ficou offline. próximo passo: vai me dar block.

ps:- pior foi “transmissão de pensamento mãe e filha”, mais cafona não dava pra ser?

Eu amo essa velharada usando msn e gtalk, é engraçado. minha mãe entra bem pouco, mas é sempre uma alegria conversar com a velhinha em tempo real. é cada pérola.. eu ainda vou fazer uma coletânea dos e-mails que ela já me mandou. hoje foi dia de gtalk. também entro bem pouco, porém tive a sorte de encontrá-la online (se liga que ela abrevia mais do que eu):

Mãe: (…) Outra coisa, já entrou na calça que eu deixei p vc, uma legítima one up?

me tirou além da cota permitida, né? enquanto eu não emagrecer, ela não me deixará em paz. e não, não entrei nessa calça de marca de velha.

Mãe: o que estamos escrevendo alguém pode ler?
me: não, só a gente

aham, acredita! eu, você, o twitter e as três pessoas que entram nesse blog

na despedida:

Mãe: claro, vou entrar. agora deixa eu ir q chegaram uns alunos. bjs mamãe te ama muito, mais do vc pode imaginar.
me: eu sei, e tenho medo o tanto que vc me ama. se acontecer alguma coisa comigo vou ter que ressuscitar

é verdade, se eu morrer antes dela FODEU. eu sou filha única, ela é tipo mãe judia em certas coisas.. já viu, né?

azeitona, cerveja (com exceção de uma agora), mc donalds (não sei porque sou gorda), calor, que relem em mim (principalmente em balada), a palavra “balada”, que esqueçam o acento do meu nome, que perguntem o preço das coisas que eu compro, que perguntem quanto eu peso, que me achem mais velha do eu sou, cara de poucos amigos, gente que se exibe por pouca coisa, emprestar dvd, roupa, maquiagem, sapato etc, do teto do meu banheiro, bebida quente, ser uma procrastinadora infernal, falar palavrão demais, gente grudenta e que precisa de atenção full time, quando não atendem o celular (é raro eu ligar, tem que atender), raiz do meu cabelo aparecendo, meu cabelo pixaim crescendo, risadas kkk, huahaua, rs, entrevistas de emprego, esquecer as coisas, ter medo de gente, vizinho barulhento, gato trepando, ter sido fã de linkin park, óculos de grau embaçado, louça suja, carpet, ir na lavanderia com uma sacola enorme, não ter mais minha vó por perto, não ter comida em casa, não ter uma diarista, não ter um emprego decente, precisar da mãe pra pagar as contas, os i’m so hype i’m so happy da vida, crente chato, perder ônibus, não ter carteira de motorista, insônia, dvd riscado, hipotireoidismo…

Ah, como não tenho nada pra postar vou fazer outro top 5. eu sei que todo mundo é chegado numa listinha… dessa vez vou listar o 5 melhores episódios de Friends. bem difícil, mas lá vai:

1- Rachel assustando Joey com o quadro da Gladys e Monica assustando Rachel com o quadro da Glennis

esse é um dos melhores episódios, porque além de ter essa cena do quadro horroroso da Phoebe, ainda tem a propaganda que o Joey faz do batom japonês Ichiban. SAIKO!

2- Ross com a gaita de fole

O Ross é hors-concours de cenas engraçadas. ele tocando teclado é impagável. porém, vou escolher quando ele pede para tocar gaita de fole no casamento da Monica e do Chandler. esse vídeo tem erro de gravação no final.

3- Phoebe xingando o pacman

A Phoebe também tem várias cenas engraçadas, mas ela xingando o pacman enquanto o filho do Ross (Ben) entra no apartamento é muito boa.

4- Chandler cantando Space Oddity

e as caretas?? David Bowie morre de inveja!

5- Joey aprendendo francês

je ta pli blue

esse top 5 friends também merece parte 2, já lembrei de várias cenas aqui (quando a Monica e o Ross levam um susto quando a avô deles ‘ressuscita’, quando a Phoebe e a Rachel correm no parque, o Ross bêbado, Ross com a mensagem do telefone “we will call you back”, quando a Phoebe descobre que a Monica e o Chandler estão namorando, Joey não divide a comida, Unagiii, Ross com a calça de couro, bronzeado e com clareamento de dente etc etc)

C’est Letícia

a

Blog Stats

  • 68,595 hits
novembro 2008
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930